Governo do Brasil lidera países em aliança internacional antiaborto

  • 14/01/2022
Governo do Brasil lidera países em aliança internacional antiaborto
Governo do Brasil lidera países em aliança internacional antiaborto (Foto: Reprodução)

Os governos do Brasil e dos Estados Unidos passaram a liderar uma aliança internacional contra o aborto em 2020, na época encabeçada pela ministra Damares Alves e o ex-secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

Com o fim do governo de Donald Trump nos EUA, o Brasil se tornou protagonista na luta global contra o aborto.

Com mais de um ano de existência, a aliança nasceu em 2020 com a assinatura da Declaração Consensual de Genebra, um acordo internacional firmado em parceria entre Brasil, EUA, Egito, Hungria, Indonésia e Uganda.

O acordo tem como um de seus pilares garantir que “em nenhum caso o aborto seja promovido como um método de planejamento familiar”. O documento já soma 36 países como signatários. A Rússia acaba de aderir a declaração.

Ao noticiar a liderança do Brasil na luta contra o aborto nesta quinta-feira (13), o jornal Folha de S. Paulo apresentou uma análise na coluna de Sônia Corrêa e Gustavo Huppes:

“Sem considerar compromissos internacionais firmados pelo Brasil e contradizendo a definição constitucional do direito à vida, o Consenso de Genebra tem sido usado pelo governo como instrumento de promoção da agenda ultraconservadora comandada pela ministra Damares Alves”, afirmou a publicação.

O texto ainda defende que “a agenda antigênico e antiaborto” da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos atua “na contramão da história diplomática brasileira de defesa da igualdade de gênero e dos direitos sexuais e reprodutivos”.

Brasil na luta contra o aborto

Nesta sexta-feira (14), Damares considerou a análise da Folha uma “distorção macabra”. 

“No passado, o Brasil saía por aí financiando obras para governos ditadores e de esquerda. Agora a gente sai pelo mundo defendendo os bebês no ventre materno”, ela afirmou nas redes sociais.

“Acusam o presidente Jair Bolsonaro de genocida, mas é o time dele que está salvando vidas, em todo o mundo, do mais terrível de todos os crimes, que é matar uma criança enquanto ela dorme por meio do aborto”, acrescentou a ministra.

Damares declarou ainda, em letras garrafais, que o Brasil de fato assumiu o protagonismo mundial contra o aborto.

“Estamos lutando contra o aborto. Somos também o país que mais vacina no mundo. O governo Bolsonaro se preocupa com a vida humana em todos os seus estágios, em todas as instâncias”, disse ela, em apoio ao presidente. “Ser uma das líderes na defesa da vida intrauterina no mundo é uma honra. Esta é a missão da minha vida e faz muito tempo.”

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/governo-do-brasil-lidera-paises-em-alianca-internacional-antiaborto.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 10

top1
1. Deus Proverá

Gabriela Gomes

top2
2. Algo Novo

Kemuel, Lukas Agustinho

top3
3. Aquieta Minh'alma

Ministério Zoe

top4
4. A Casa É Sua

Casa Worship

top5
5. Ninguém explica Deus

Preto No Branco

top6
6. Deus de Promessas

Davi Sacer

top7
7. Caminho no Deserto

Soraya Moraes

top8
8.

Midian Lima

top9
9. Lugar Secreto

Gabriela Rocha

top10
10. A Vitória Chegou

Aurelina Dourado


Anunciantes